Vídeo em destaque

sábado, 29 de dezembro de 2012

Pv 13.12 – Feliz 2013!



No último post do ano de 2012, quero desejar a todos um excelente 2013! É difícil desejar os votos mais nobres do planeta, então creio que excelente e formidável são palavras que descrevem bem o que eu desejo para todos em 2013!
Porém, isso não é possível vivendo num mundo de fantasia. Há uma verdade que diz “o pessimista reclama dos ventos, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas”. A melhor forma de se manter animado, motivado, estimulado, empolgado e entusiasmado não é alimentando fantasias, mas conquistando alvos e metas. Por isso, o versículo para meditação que deixo é Pv 13.12 (RA): A esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida! Abaixo segue o versículo descrito em algumas traduções que facilitará o entendimento.
Bíblia Viva: Um sonho que nunca se torna realidade acaba enchendo o coração de tristeza mas quando nossos planos se cumprem a vida ganha maior alegria e significado.
NVI: A esperança que se retarda deixa o coração doente, mas o anseio satisfeito é árvore de vida.
NTLH: A esperança adiada faz o coração ficar doente, mas o desejo realizado enche o coração de vida.
Católica: Esperança que tarda deixa doente o coração; desejo que se realiza é árvore de vida.
Corrigida Fiel: A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida.

Para evitar frustrações, decepções, ilusões e utopias, seja transparente e exija transparências nas relações! Sempre que ouço uma mensagem cujo único objetivo é deixar as pessoas eufóricas e encorajadas fico pensando na real intenção. Algumas pessoas poderiam fazer muito mais para estimular outros do que apenas falar, mas não querem e por falta de interesse acabam não sendo sinceros e transparentes com os demais. Se resumir a falar quando você pode fazer muito mais pelas pessoas, é uma atitude que não considero honesta. Há muita gente sendo iludida por discursos animadores, quando o que precisam não é de grandes pregações e mensagens, mas de oportunidades concretas.
Há uma verdade que diz: devemos esperar o melhor, mas se preparar para o pior. Tenho visto algumas pessoas decepcionadas por que não conquistaram nada e resumiram sua vida a uma única atividade da qual não tiveram o retorno almejado. Portanto, minhas sugestões para evitar futuras frustrações são:

1. Defina metais graduais! Evite estabelecer de início uma meta muito difícil de alcançar. Aumente o grau de dificuldade de seus sonhos á medida em que você conquista outros menores.

2. Seja transparente e exija transparência! Infelizmente, muitas pessoas manipulam as Escrituras para gerar motivação em outras sem deixar claro algumas verdades ministeriais importantes.

3. Não se dedique apenas a uma tarefa em sua vida! Tenha mais de uma atividade: curso, família, trabalho, igreja, viagens, lazer, etc.

4. Não gere uma dependência profunda das pessoas! Seja original e construa novos caminhos! Fazer o que todo mundo já fez e dizer o que todo mundo já disse, levará você a um estado de rotina e repetição muito chato e cansativo! Descubra seus talentos e explore-os!

5. Esqueça os equívocos do passado e caminhe prá frente! Veja o que Deus falou através do profeta: Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo. (Is 43.18,19)

6. Pense bem antes de se comprometer com alguma coisa! Veja quais são as exigências e o esforço que será necessário empreender. Nem todos estão dispostos a suportar qualquer coisa para crescer em alguma lugar!

Chega um tempo em nossa vida que promessas e palavras não tem mais efeito. Há um momento para cada coisa: o de fazer promessas e o de cumpri-las, o de almejar, desejar, planejar e o de viver o que se almejou, o tempo de sonhar e o de viver o que se sonhou! Quando chega o tempo de viver e de realizar, algumas pessoas insistem em voltar para o tempo das promessas, sonhos e visões! Se você não viver a coisa certa no tempo certo, inevitavelmente ficará desanimado e não será culpa sua, pois a esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida (Pv 13.12). Atualmente, muitas pessoas ficam desestimuladas e desmotivadas não por sua culpa, mas por que foram vítimas. Porém, há uma cultura no Brasil de sempre responsabilizar a pessoa pelo estado em que ela se encontra. Jamais a culpa é de quem está ‘em cima’, é sempre de quem está ‘em baixo’. ‘Rarississimamente’ alguém ‘de cima’ reconhece e admite seus erros para com aqueles ‘de baixo’.
O fato é simples: se chega o tempo de casar e você insiste em permanecer solteiro, ficará desanimado! Se chega o tempo de trabalhar e você insiste em continuar estudando, ficará desestimulado. Se chega o tempo de atuar no ministério e você insiste em ficar só no discipulado, ficará desanimado. Se chega o tempo de subir no palco e você insiste em permanecer na plateia, ficará desanimado. Se chega o tempo de liderar e você continua sendo liderado, ficará desanimado. Se chega o tempo de avançar e você permanece no mesmo lugar, ficará desanimado! O curioso é ver algumas pessoas culpando outras por estarem desmotivadas. No lugar de fazer alguma coisa por elas, a única coisa feita é acusação. Há milhares de pessoas atrasadas no ministério e por isso estão desestimuladas. No lugar de receber uma oportunidade digna, receberam mais e mais promessas e embromações. Nada de concreto! Lamento muito por aqueles que não são transparentes o suficiente para evitar que outros fiquem tão frustrados com tanta frequência!
Diante dessa realidade, sugiro a todos que evitem o mundo da fantasia e das ilusões. Há muita gente se alimentando disso e as frequentes frustrações e decepções não param de ocorrer. Se eu tivesse sido devidamente preparado jamais teria vivido no mundo da fantasia. No lugar de ser o pessimista que reclama dos ventos  ou o otimista que aguarda sua mudança  seja o realista que ajusta as velas! Mantenha sua cabeça nas nuvens somente se os seus pés estiverem bem firmados no chão. Isso evitará danos de uma possível queda!


Um abraço a todos!

Marconi BS Costa

Um comentário:

  1. palavras concretas e objetivas nao deixam espaço para as duvidas obrigada!

    ResponderExcluir