Vídeo em destaque

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Missão Portas Abertas - Domingo da Igreja Perseguida









      A Missão Portas Abertas talvez seja a instituição missionária mais séria do nosso país. Particularmente, considero uma contradição gigante dedicar os maiores esforços missionários aos países que não são os menos evangelizados do mundo. Tem muita gente confundindo missões com turismo e passeio. Neste quesito, a Missão Portas Abertas dá um show exemplar.
      O evento intitulado Domingo da Igreja Perseguida (DIP) desperta os irmãos brasileiros para uma realidade que a maioria desconhece: a perseguição religiosa. Se você pretende ser um missionário, saiba que há muitos lugares nada atraentes e badalados precisando de você. Se o que você busca é de fato servir a Deus em missões, evite ser envolvido pelo glamour de lugares lindos e sedutores.

Um abraço a todos.

Marconi Costa


quinta-feira, 3 de março de 2016

Procurador federal denuncia a erotização infantil promovida nas escolas











O procurador federal Guilherme Schelb denuncia o processo de erotização infantil promovido nas escolas pelo MEC.



domingo, 21 de fevereiro de 2016

Complexidade Irredutível : Desafio e Resposta ao Dr. Pirulla










     E eu pensando que esse tal de ‘Pirulla’ era um pesquisador sério. A enorme desonestidade intelectual desse sujeito é descomunal. Esses biólogos sofrem da pior síndrome que conheço. Eu denominei de síndrome do ‘Eu Sou’. Eles são apenas biólogos, mas na cabeça deles são biólogos, físicos, químicos, matemáticos, filósofos, teólogos, astrônomos, sociólogos, arqueólogos, antropólogos etc.
     Eles costumam usar argumentos patéticos, mentirosos e distorcidos acerca, por exemplo, do design inteligente. Pra essa galera, o compromisso ideológico com o darwinismo está muito acima da busca pela verdade científica. Eu já achava Richard Dawkins pueril, e agora descubro esse tal de ‘Pirulla’. Perca de tempo total ouvir pessoas como ele.
     Se o leitor acha que estou enganado, estude um pouco, por exemplo, de termodinâmica e verá que a vida é um fenômeno IMPOSSÍVEL na ausência de uma ação inteligente externa. É uma mentira colossal afirmar que a vida é um fenômeno espontâneo. Esse tipo de ateu é intelectualmente irrelevante, tal como a maioria deles. 
     O vídeo elaborado por Douglas Aleodin é muito bom. Recomendo a todos.



quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Profissões incompatíveis com o Cristianismo








     No segundo podcast do Pensando a Verdade, trazemos à tona um assunto curioso: a incompatibilidade de algumas profissões com o Cristianismo.
     Não é um tema tão trivial quanto parece e o nosso objetivo é instigar o ouvinte. Embora tenhamos apresentado um fechamento sobre o assunto, a ideia central é estimular o sujeito a raciocinar, investir tempo meditando, pensando e pesquisando sobre um assunto.
     Em breve, traremos outros assuntos. Esperamos que seja útil para edificação.

Um abraço a todos.

Marconi BS Costa

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

A insanidade ateísta – Parte III








     Frequentemente, os ateus ostentam uma postura arrogante e ilusória de suposta superioridade intelectual em relação aos cristãos. O comportamento infantil deles os leva a crer que o simples fato de recusarem a ideia de um ser divino os põe numa condição superior. O detalhe é que a afirmação fundamental do ateísmo, ‘Deus não existe’, é completamente destituída de racionalidade, sobretudo quando se constata que eles não sabem nada do que afirmam ter tanta certeza.
     A ausência da racionalidade no argumento ateísta é simples: eles não sabem definir Deus e nem sabem esclarecer o que significa existir. Peça a qualquer ateu da geração toddynho para apresentar uma definição clara de Deus e de existir e você terá argumentos tolos e pueris. A maioria desses “ateus” não sabem nada de filosofia e teologia, nem mesmo de física, química, matemática, biologia, teoria da informação etc. Como alguém pode fazer uma afirmação extremamente profunda como “Deus não existe” com arrogância, presunção e empáfia, sem sequer saber definir Deus ou existir? Nós cristãos afirmamos que Deus existe, porém sem a mesma vanglória dos ateus.
Isso não é culpa dos ateuzinhos geração toddynho. Nos dias atuais, ser ateu é chique, está na moda. E um dos maiores promovedores dessa moda é Richard Dawkins. Ninguém nega que Dawkins é um biólogo competente, mas em termos de assuntos teológicos e filosóficos, ele é um completo e absoluto desastre. Típico de ateus como ele que acham que podem falar de um assunto por terem conhecimento em outro. Um ateu sofisticado e honesto jamais seria tão infantil como o Dawkins e Cia. A geração todynho dos ateus parece mais um movimento financiado, são na verdade ativistas anticristãos. O próprio Dawkins que pousa de intelectualmente superior, não sabe definir Deus e nem sabe muito menos o que significa existir.
Curiosamente, mesmo sem saberem, a principal afirmação dos ateus parece está correta. De fato, aparentemente Deus não existe. O que existe é o universo e tudo o que ele contém, incluindo o fenômeno da vida. Porém, Deus é. Ele não existe, Ele é. O conceito de existir passa muito longe da essência divina. A melhor forma de descrever o Seu estado de Ser, é aquela que Ele mesmo usou para responder a Moisés: ​​Disse Moisés a Deus: Eis que, quando eu vier aos filhos de Israel e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós outros; e eles me perguntarem: Qual é o seu nome? Que lhes direi? ​​Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros”. (Êx 3.13,14) Deus é!
     Como um Ser sem início e sem fim pode se autodefinir ao ser humano de maneira compreensível? Deus é ontem, Deus é hoje e Deus é amanhã. Ele é antes, durante e depois do espaço e do tempo. Ele é fora do tempo. Lógico, a geração toddynho não entende metade dessas informações. O exibicionismo ateísta nada mais é do que pura infantilidade. Na verdade, a maioria dos ateus é intelectualmente irrelevante, especialmente a geração toddynho.
     Portanto, não se intimide com algum ateu que exibe uma falsa postura de superioridade intelectual. Um diploma não significa praticamente nada, especialmente numa cultura que faz o indivíduo supor que possui autoridade em um tema quando sua formação é em outro.
     Não dá pra encerrar esse post de outra maneira, a não ser com as Escrituras:
“Diz o insensato no seu coração: Não há Deus.”
Sl 53.1



sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Celebridades do mundo gospel: 1º podcast do Pensando a Verdade




       Depois de mais de três anos desejando, finalmente conseguimos gravar o primeiro podcast do Pensando a Verdade. A ocasião em que tivemos tempo de gravar o podcast coincidiu com as recentes e polêmicas declarações do cantor gospel Thalles Roberto. Não era esse o tema que tínhamos proposto para o nosso primeiro podcast, mas foi extremamente oportuno.
O foco desse primeiro podcast não é Thalles Roberto em si, mas suas equivocadas declarações que servem de diagnóstico do estado delicado em que se encontram as celebridades do mundo gospel. Não é nosso objetivo julgar o cantor Thalles e nem encorajar ninguém a fazer isso. Devemos julgar as profecias e não os profetas (I Jo 4.1). Analisar o conteúdo daquilo que é dito seja por celebridades do mundo gospel seja por qualquer outra pessoa não é o mesmo que julgá-las.
A ideia é instigar o leitor a analisar cuidadosamente o conteúdo daquilo que ouve e vê.











sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ainda sobre superstição









        Neste excelente vídeo, o Dr. William Lane Craig disserta a respeito de alguns aspectos extremamente relevantes a respeito de Deus. Dentre eles, destaco os conceitos da providência ordinária e da extraordinária, ambas oriundas do Criador.
        A partir do discurso do Dr. William Lane Craig, é possível inferir um conceito apropriado de superstição. Nesse contexto, a superstição pode ser entendida como interpretar todas as ações de Deus como providências extraordinárias, mesmo aquelas que são declaradamente ordinárias. O comportamento supersticioso é achar que Deus está agindo sempre de forma sobrenatural, quando na verdade Ele está agindo dentro dos parâmetros que Ele mesmo estabeleceu para o funcionamento normal da realidade. Não estou afirmando que Ele não age de modo sobrenatural, estou dizendo que considerar TODAS as Suas ações como sobrenaturais é superstição e sensacionalismo.
        Vejamos se consigo ser mais claro. Do meu ponto de vista, tenho uma impressão de que Deus dispôs na própria estrutura da realidade, todos os recursos necessários para que o homem tenha uma vida plena (do ponto de vista natural). Nesse sentido, a pesquisa científica ganha uma conotação de destaque para descobrir e usar esses recursos ao seu favor. Já passei pela dolorosa experiência de ver pessoas de Deus morrendo vítimas de enfermidades. Em função disso, pensei que se a medicina já dispusesse de tratamentos eficientes, pessoas maravilhosas ainda estariam entre nós e produzindo muito para o Reino de Deus. Aqui é onde quero chegar. Um comportamento supersticioso ignora completamente que a bondade de Deus também se manifesta na ausência de eventos sobrenaturais e miraculosos. Também é Deus quando a cura de novas doenças são descobertas, quando a desigualdade é reduzida, quando menos pessoas sofrem, quando as guerras diminuem etc.
A providência ordinária do Criador está em constante evidência. O detalhe importante é que nesta providência, a participação e a contribuição humana são enormes. É por isso que o supersticioso a ignora e a subestima. Pergunto ao leitor: devemos aguardar da igreja ou da medicina a cura de várias doenças? Não ignoro que no seio da igreja, milhares de pessoas são genuinamente curadas de doenças que até o presente momento não tem cura. Porém, deve a medicina cruzar os braços e parar de desenvolver pesquisas e depender da igreja? Esse mesmo raciocínio se aplica às diversas áreas do conhecimento humano.
Qual é, portanto, a contribuição da igreja? Certamente, espiritual. As palavras do apóstolo da fé resumem o que digo: “Pois, enquanto os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria, nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos, mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.” (I Co 1.22-24) O foco da igreja é e deve ser Cristo. Sua contribuição é e deve ser espiritual. Igreja não é ONG! Da mesma forma que a humanidade precisa da cura de doenças, ela também necessita de perdão de pecados, de paz espiritual, de comunhão com Deus, do alimento sólido da Palavra de Deus etc. É aí que entra a igreja. Mas isso é assunto para outro post. :-)

Um abraço a todos.

Marconi BSC



quarta-feira, 20 de maio de 2015

Another Brick In The Wall - Outro tijolo na parede



Autoritarismo nunca mais!!!







Another Brick In The Wall

When we grew up and went to school
There were certain teachers who would
Hurt the children in any way they could


By pouring their derision
Upon anything we did
And exposing every weakness
However carefully hidden by the kids
But in the town it was well known
When they got home at night
Their fat and psychopathic wives
would thrash them
Within inches of their lives



We don't need no education
We dont need no thought control
No dark sarcasm in the classroom
Teachers leave them kids alone
Hey! Teachers! Leave them kids alone!
All in all it's just another brick in the wall
All in all you're just another brick in the wall


We don't need no education
We don't need no thought control
No dark sarcasm in the classroom
Teachers leave us kids alone
Hey! Teachers! Leave us kids alone!
All in all it's just another brick in the wall
All in all you're just another brick in the wall
Outro tijolo na parede

Quando crescemos e fomos à escola
Havia certos professores que
Machucaram as crianças da forma que eles podiam


Despejando escárnio
Sobre tudo o que fazíamos
E expondo todas as fraquezas
Mesmo que escondidas pelas crianças
Mas na cidade era bem sabido
Que quando eles chegavam em casa à noite
Suas esposas, gordas psicopatas,
batiam neles
Quase até a morte



Não precisamos de nenhuma educação
Não precisamos de controle mental
Chega de humor negro na sala de aula
Professores, deixem as crianças em paz
Ei! Professores! Deixem essas crianças em paz!
Tudo era apenas outro tijolo no muro
Todos são somente outro tijolo na parede


Não precisamos de nenhuma educação
Não precisamos de controle mental
Chega de humor negro na sala de aula
Professores, deixem as crianças em paz
Ei! Professores! Deixem essas crianças em paz!
Tudo era apenas outro tijolo no muro
Todos são somente outro tijolo na parede




Fonte: http://www.vagalume.com.br/pink-floyd/another-brick-in-the-wall-traducao.html




Legendado